Odilon Esteves dirige espetáculo de formatura do Curso Profissionalizante do Centro de Formação Artística – CEFAR da Fundação Clóvis Salgado

10849758_349388468565310_7720688317993177662_nOs estudantes do 3º ano do Curso Profissionalizante do Centro de Formação Artística – Cefar apresentam o espetáculo de formAção do 2º semestre de 2014. Estranhas Ocupações tem temporada de 4 a 21 de dezembro, no Teatro João Ceschiatti.

De quarta a sexta, as apresentações acontecem às 20h e aos sábados e domingos são duas sessões, às17h e às 20h. As entradas são gratuitas com retirada de senhas uma hora antes de cada apresentação.

Estranhas Ocupações conta a história de uma família numerosa e peculiar. Num país onde as coisas se fazem por obrigação ou bravata, essa família gosta das ocupações livres, das tarefas sem importância, dos simulacros que “de nada adiantam”. Hoje, parte deles, resolveu se apresentar em um teatro e neste cenário metalinguístico que a obra se desenvolve.

Com direção e a coordenação dramatúrgica de Odilon Esteves, ex-aluno do Cefar, o espetáculo é inspirado em quatro contos do livro Histórias de Cronópios e de Famas, do escritor argentino Julio Cortázar – que, coincidentemente, tem o centenário comemorado neste ano. Sua obra é dotada de espantosa riqueza inventiva, de uma poesia rara e um humor adstringente, que revela o que há de fantástico e de raro na vida cotidiana.

EVENTO

Estranhas Ocupações | formAção em Teatro

DATA

De 04 de Dezembro, Quinta a 21 de Dezembro, Domingo

HORÁRIO

De quarta a sexta, às 20h | Sábados e domingos, às 17h e às 20h

LOCAL

Teatro João Ceschiatti

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA

12 anos

INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO

(31) 3236-7400

Livro percorre os caminhos do afeto através de imagens

“O que cada beijo significa? Quantos sentimentos diferentes guarda cada beijo?” Goele Dewanckel nos leva pelos caminhos do afeto e da diversidade por meio de imagens múltiplas: coloridas, pretas e brancas, monocromáticas. “São homens, mulheres, crianças, animais e até plantas que, mais do que encontrar uns aos outros, transformam tais encontros em singelos momentos de amor: ele se beijam”. Um poético passeio pela intimidade de cada um de nós.
beijos

Conheça a Revista Emília

logo_revista_emilia_3anosNo ar desde setembro de 2011, a EMÍLIA é uma revista digital independente criada por amigos ligados à área editorial e comprometidos com leitura e livros para crianças e jovens. Para democratizar a prática da leitura e oferecer um meio de discussão e reflexão sobre essas questões, estes profissionais uniram seus conhecimentos e suas experiências para criar EMÍLIA.

A Revista EMÍLIA dialoga com todos que se interessam pela formação de leitores e que são mediadores de leitura: pais, professores, educadores, bibliotecários, promotores de leitura e especialistas. EMÍLIA também dialoga com quem torna possível a criação, produção e divulgação dos livros para crianças e jovens: autores, ilustradores, editores, livreiros, jornalistas, críticos e estudiosos.

EMÍLIA promove a integração de diferentes experiências, estudos e pesquisas de caráter multidisciplinar em torno da leitura e dos livros para crianças e jovens. É ponto de encontro de especialistas de diversas nacionalidades e áreas de atuação para:

• promover a reflexão sobre a formação de leitores e o fomento à leitura;
• analisar as inúmeras iniciativas de promoção da leitura;
• difundir teorias e práticas em torno da infância, do jovem e da literatura para eles produzida;
• criar um palco aberto de debate, reflexão, divulgação e troca de informações e experiências.